Acabou a ração – O que dar para meu cachorro comer?

Em primeiro lugar, não entre em pânico! Qualquer pai de cachorro já passou por essa situação. Domingo em que todas as lojas estão fechadas, feriado, fim de semana sem carro … E aí está a tragédia! 

Felizmente, há muitas guloseimas em sua geladeira e armários para seu fiel companheiro. Mas cuidado ! Muitas coisas ruins também.

Vamos dar uma olhada no que você pode dar ao seu cão e o que definitivamente não deve dar a ele.

Não há mais guloseimas caninas em casa? Siga o guia para descobrir o que alimentar seu cão.

Não tenho mais ossinhos, o que dar ao meu cachorro?

Bom saber 

A ração industrial de boa qualidade (ração ou purê) é nutricionalmente completa e balanceada. Fornece ao seu cão as quantidades de proteínas, gorduras, hidratos de carbono, vitaminas e minerais que o seu cão necessita.

Por isso, não basta dar ao seu cão um pedaço de carne ou algumas sobras para lhe proporcionar uma alimentação saudável e adaptada às suas necessidades.

É claro que se você ficar preso em casa e não puder dar ao seu cão uma refeição balanceada o suficiente durante um ou dois dias, tudo bem. O verdadeiro problema é não fornecer ao seu companheiro uma dieta balanceada para o longo prazo. 

Dicas para preparar uma refeição completa para cães

Primeiro, abra a geladeira, o freezer e os armários para encontrar alimentos que possam fornecer ao seu cão proteína magra, gordura e carboidratos lentos, essenciais para a saúde dele.

Evite dar a seu animal de estimação alimentos muito gordurosos ou muito ricos em sódio, que podem causar vômitos, diarréia ou prisão de ventre.

Leve em consideração as alergias alimentares ou doenças crônicas do seu animal de estimação, como doenças renais, hepáticas e cardíacas ou pancreatite, que requerem dietas especiais com baixo teor de gordura.

Alimente seu cão com 30g de comida por quilo de peso corporal.

white and brown short coated dog on blue wooden pet cage

ALIMENTOS BÁSICOS PARA ALIMENTAR SEU CÃO SE VOCÊ NÃO TIVER MAIS RAÇÃO OU OSSINHOS

Se não houver contra-indicações, você pode servir ao seu cão:

  • Carne: bife, vitela
  • Miudezas: coração, fígado, etc.
  • Vegetais verdes: feijão, cenoura, espinafre, batata doce, etc.
  • Cereais
  • Arroz e macarrão

Algumas recomendações antes de dar esses alimentos ao seu cão

Sempre remova os ossos da carne cozida. Aves, por exemplo, devem ser idealmente administradas sem pele e sem ossos.

Cuidado com a carne crua que pode conter bactérias ou micróbios potencialmente perigosos, até mesmo fatais. 

Enxágue bem e escorra os vegetais enlatados para remover o excesso de sódio.

Mantenha a simplicidade e não use sal e temperos. Sem graça é melhor. Você prepara comida para um cachorro, não para um crítico de cozinha. Seu amigo de quatro patas não vai jogar uma panela na sua cabeça.

Cozinhe o arroz e a massa por muito tempo para que seu cão os assimile e digira bem.

Evite variedades aromatizadas carregadas de sódio e especiarias que podem incomodar o estômago do seu cão.

Para cereais, evite aqueles com passas.

Em relação às porções de cada alimento, você pode contar com algumas dietas como a dieta BARF que orienta sobre as proporções necessárias para a saúde do seu animal.

LISTA NÃO EXAUSTIVA DE ALIMENTOS QUE NÃO DEVEM SER DADOS AO SEU CÃO

Tenha cuidado, alguns alimentos na sua cozinha podem ser perigosos e tóxicos para os cães.

  • Sementes de maçã

As sementes de maçã são tóxicas para os cães porque contêm um produto químico natural (amígdala) que libera cianeto quando digerido.

  • Abacates

Os abacates contêm persina, que pode causar diarreia, vômito e congestão cardíaca.

  • Chocolate

O chocolate contém teobromina e cafeína, que aceleram os batimentos cardíacos e estimulam o sistema nervoso. O tipo de chocolate, a quantidade que seu cão ingere e o peso dele determinarão o quão doente (ou não) seu cão pode ficar.

A ingestão excessiva de teobromina e cafeína no chocolate pode causar vômitos, diarréia, inquietação, aumento da micção, tremores, aumento da frequência cardíaca, convulsões e morte.

chocolate bars on white table
  • Café, chá e outras cafeínas

A cafeína é extremamente perigosa para os cães e, em 1-2 horas, seu cão pode apresentar hiperatividade leve a grave, inquietação, vômito, frequência cardíaca e pressão arterial elevadas, tremores e convulsões. A cafeína pode finalmente levar à morte.

  • Os ossos

O perigo dos ossos cozidos é que eles quebram quando mastigados pelo cão. Ossos crus (não cozidos) são, no entanto, adequados e adequados tanto para a nutrição quanto para os dentes do seu cão.

  • Alho

Embora o alho possa ser benéfico para cães em pequenas quantidades (e até mesmo benéfico para o tratamento de pulgas), quantidades maiores podem ser arriscadas. O alho é igual à cebola, que é tóxico para os cães porque ataca os glóbulos vermelhos, o que pode causar anemia. Os sinais podem incluir fraqueza, vômito e dificuldade para respirar.

  • Uvas e passas

Uvas e passas podem causar insuficiência renal em cães. Mesmo uma pequena quantidade pode deixar um cão doente. O vômito é um dos primeiros sintomas seguidos de depressão e perda de energia. 

  • Lacticínios

Embora pequenas doses não matem seu cão, os laticínios podem causar gases malcheirosos e diarréia. Como em humanos, o leite e seus derivados podem causar problemas digestivos e desencadear alergias alimentares.

  • Cebolas e cebolinhas

Independentemente de sua forma (crua, cozida, em pó, etc.), a cebola está entre os piores alimentos que você pode dar a seu cão. Eles contêm dissulfetos e sulfóxidos (tiossulfato), os quais podem causar anemia e danificar os glóbulos vermelhos.

  • Miolo de caqui, pêssego e ameixa

Os grãos / sementes dessas frutas podem causar problemas intestinais em cães. Além disso, os grãos de pêssego e ameixa contêm cianeto, que é tóxico para cães (e humanos!).

 RECEITAS CASEIRAS PARA O SEU CÃO SE VOCÊ NÃO TIVER MAIS COMIDA CANINA

Precisa de inspiração? Aqui estão algumas receitas apreciadas pelos nossos amigos cães. Todas as receitas abaixo atendem às necessidades nutricionais diárias de um cão adulto saudável de 18 kg. Ajuste as porções para cães menores ou maiores e, claro, consulte o seu veterinário se tiver alguma dúvida. 

Frango e tigela de arroz para cães

65 gramas de frango cozido
1 ovo cozido
2 xícaras de arroz branco bem cozido
1 xícara de cereal rico em fibras
2-3 colheres de chá de óleo de peixe fonte de ômega-3 

Tamanho da porção:  cerca de 6 xícaras

Tigela de Carne e Arroz Integral para Cães

94 gramas de carne moída cozida
2 a 2,5 xícaras de arroz cozido
½ xícara de cereal rico em fibras
2-3 colheres de chá de óleo de peixe

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Artigos mais vistos