Qual é o melhor tratamento de pulgas para o seu cão?

Como proprietário de um cão, existem muitas soluções anti-pulgas disponíveis para você. Mas como você sabe qual é o melhor para você e seu animal de estimação?

Com tantos tratamentos para pulgas de cães disponíveis no mercado, proteger seu cão é relativamente simples. Você só precisa escolher o método que funciona melhor para você e seu cão. Nosso guia completo irá ajudá-lo a tomar a decisão certa.

Durante sua vida, é muito provável que seu cão pegue pulgas, principalmente se não estiver protegido. Diante dessa alta probabilidade, o melhor é prevenir o risco com o tratamento adequado. No entanto, se o seu animal de estimação estiver infestado, veja como lidar com a situação.

Se o seu cão está coçando, isso pode significar que ele tem pulgas. Embora esses pequenos insetos causem coceira no seu cão, eles também podem causar outros problemas. Descubra neste artigo como reconhecer e tratar pulgas em seu cão. 

front view of adult black and tan dog

As pulgas são perigosas para um cão?

As pulgas representam uma ameaça menor para o seu cão do que outros insetos, como carrapatos. No entanto, as pulgas podem causar graves coceira  ao seu cão e causar vários problemas de pele. 

Alergia à picada de pulga

As pulgas estão associadas a diferentes riscos para a saúde do seu cão. Um desses riscos é o desenvolvimento de dermatite alérgica a pulgas (FPAD). O DPAPP é um dos alergias de  pele mais comuns em cães. 

Pode ser causada por todos os tipos de pulgas, mas mais comumente a pulga do gato (Ctenocephalides felis) é a culpada. Quando a pulga pica, ela secreta saliva que contém os alérgenos responsáveis ​​pela DPAPP. Uma única picada de pulga é suficiente para provocar coceira intensa em cães particularmente sensíveis. 

Outros riscos associados a pulgas de cães

Como os cães se coçam e se mordem para alívio, as lesões na pele podem aumentar as picadas de pulgas. Além disso, essas áreas correm o risco de serem infectadas por bactérias ou fungos de levedura, que podem causar coceira adicional. 

Uma forte infestação de pulgas pode levar a uma perda de sangue considerável. Nos casos mais graves, o cão pode sofrer de anemia (falta de glóbulos vermelhos no sangue).  

Finalmente, é possível que as pulgas carreguem ovos de tênia. Quando este é o caso e o cão acidentalmente engole pulgas, os ovos da tênia acabam no intestino e se desenvolvem lá. 

Sintomas associados a pulgas em cães

O principal sintoma de uma infestação de pulgas em cães é a coceira intensa que resulta. Picadas de pulgas também resultam em reações cutâneas localizadas, como pequenas espinhas vermelhas cercadas por uma área clara. 

 Reações mais graves podem causar espinhas e crostas. No entanto, também acontece que uma infestação de pulgas passa despercebida e um cão não apresenta sintomas. 

brown short coated dog on green grass field during daytime

Como saber se um cachorro tem pulgas

Se for uma forte infestação de pulgas, você pode vê-las a olho nu na pelagem do seu cão. Mordidas e vermelhidão em partes do corpo do seu cão que são particularmente populares com pulgas podem ajudá-lo a determinar se seu cão está propenso a uma infestação. 

Às vezes, também acontece de encontrar ovos ou larvas que aderem à pelagem do seu cão. Estes só são visíveis ao microscópio. 

Se você não vir nenhum parasita, tente identificar seus excrementos: 

  • Coloque seu cão em uma superfície plana e clara (um piso de cerâmica ou uma banheira, por exemplo). 
  • Penteie a pelagem do seu cão, de preferência com um pente  com dentes apertados, como um pente de pulgas. Se houver excrementos de pulgas, eles serão visíveis como pequenos pontos pretos no pente ou no chão. 
  • Pegue os excrementos com um lenço branco e umedeça levemente. 
  • Se eles se desintegram e dão lugar a manchas avermelhadas no lenço, é de fato excremento de pulga. Na realidade, você está vendo o sangue do seu cão que as pulgas digeriram. 

Diagnóstico de alergia a pulgas

É mais difícil diagnosticar uma alergia à picada de pulga. Qualquer alteração na aparência da pele do seu cão pode indicar que ele tem DPAPP. 

No entanto, durante o diagnóstico, outros possíveis parasitas e alergias devem ser levados em consideração

O melhor tratamento: prevenção

As pulgas se reproduzem em alta velocidade. Uma pulga pode botar até 50 ovos por dia, então a infestação é muito rápida e pode afetar todos os membros da família e animais. O tratamento pode, portanto, ser longo e tedioso. Isso é especialmente verdadeiro se você tiver outros animais que provavelmente também precisarão ser tratados.

Portanto, é melhor antecipar . Para isso, há um grande número de tratamentos preventivos para evitar que seu cão pegue pulgas:

  • Colar

Você pode optar por uma coleira para colocar no pescoço do seu cão. Embebido em produtos antiparasitários, repele pulgas e carrapatos por uma média de 6 meses, após os quais deve ser renovado. Sua eficácia é imediata.

  • Pipetas de pulgas

Esta solução consiste em aplicar na pele do seu animal, ao nível das omoplatas, um produto que repele insectos parasitas. Este tratamento preventivo é eficaz 24 a 48 horas após a aplicação. Deve ser renovado regularmente.

  • Pulverizadores

Existem também sprays para difundir por todo o corpo do seu cão. Eles são resistentes à água e oferecem proteção por uma média de um mês.

Para minimizar o risco

Além disso, existem algumas medidas para minimizar o risco de infestação:

  • Limpeza regular de tecidos, tapetes, pisos, rodapés no alojamento. As pulgas gostam de nidificar e se reproduzir em locais escuros e inacessíveis;
  • Uma limpeza completa dos locais mais frequentados pelo seu cão. Aspire rigorosamente o cesto, cobertores ou outros locais frequentados pelo seu animal.

O que devo fazer se meu cachorro tiver pulgas?

Existem vários tratamentos curativos , mas o melhor é consultar o seu veterinário .

Primeiro, você pode escovar seu cão com um pente de pulgas e lavá-lo com um xampu antiparasitário. Em seguida, você pode aplicar uma pipeta de pulgas ou uma loção curativa. Este tratamento deve ser repetido se necessário.Verifique a pelagem do seu cão regularmente. Para minimizar a infestação, é aconselhável verificar regularmente a pelagem do seu animal e, em particular, se começar a arranhar. Quanto mais cedo o tratamento for iniciado, menor será sua duração.

Aja rápido para evitar complicações

Aos primeiros sinais da presença de pulgas na pelagem do seu cão, monte um tratamento. Isso evita complicações:

  • Dermatite

Tratar o seu cão rapidamente previne o aparecimento de dermatites causadas pelos arranhões do seu animal de estimação. Os riscos de alergias a picadas de pulgas são realmente numerosos.

  • Tênia

Agir rapidamente ajuda a prevenir o risco de tênia e seus distúrbios digestivos. As pulgas são muitas vezes portadoras desses vermes digestivos que podem infectar seu cão quando ele engole uma pulga.Lembre-se de desparasitar seu cão. É aconselhável administrar regularmente um vermífugo ao seu cão para evitar o aparecimento de tênias se este pegar pulgas. A frequência deve ser determinada com o seu veterinário.

Em resumo, diante do risco de infestação do seu cão por pulgas, é melhor prevenir do que remediar. Isso é altamente recomendado, pois os tratamentos curativos podem levar muito tempo e a presença de pulgas pode ser prejudicial ao seu animal de estimação. Não hesite em contactar o seu veterinário para escolher o tratamento mais adequado.

Qual é o melhor tratamento de pulgas para o seu cão?

Pulverizadores

Sprays de pulgas projetados para o seu animal de estimação contêm inseticidas e são aplicados diretamente na base da pelagem para matar as pulgas em contato. Não os confunda com sprays domésticos, que combatem infestações domésticas, mas nunca devem ser usados ​​diretamente em animais de estimação. Leia o rótulo do produto antes de aplicar o produto para verificar qual produto você tem em mãos.

Benefícios: Os sprays funcionam rapidamente para matar pulgas adultas em cães infestados.

Desvantagens: Todo o corpo do animal deve ser tratado, o que significa que a aplicação deste tratamento pode exigir mais tempo do que outras soluções. Alguns cães não gostam de frascos de spray ou de serem manuseados durante a aplicação do produto. Por esta razão, às vezes é difícil tratar toda a pelagem. O efeito dos sprays de pulgas não dura muito; é, portanto, uma solução de curto prazo que pode não tratar a infestação de forma eficaz.

Shampoos anti-pulgas

Se o seu cão tiver pulgas, um xampu que contenha inseticida contra pulgas pode ajudar a se livrar delas.

Vantagens: Este tipo de produto é ideal para cães que gostam de banhos.

Desvantagens: Os xampus antipulgas geralmente requerem um tempo de contato de 10 minutos e nem sempre oferecem um efeito duradouro, o que significa que são uma solução de curto prazo que não necessariamente impedirá uma nova infestação em sua casa.

Pentes para pulgas

Se você não quiser usar produtos químicos, pode usar um pente para pulgas. Pentear o pelo do seu animal de estimação com um pente de pulgas pode ajudar a remover as pulgas.

Prós: Animais que gostam de ser escovados podem preferir esse método.

Desvantagens: Os tratamentos manuais deste tipo são extremamente demorados e é muito difícil remover todas as pulgas da pelagem do seu cão. O pente também não impede que novas pulgas se instalem em sua casa ou em seu animal de estimação.

front view of adult black and tan dog

Tratamentos tópicos

Uma pequena pipeta é usada para aplicar o líquido na base do pescoço do seu cão ou, para cães maiores, em alguns pontos ao longo das costas. O ingrediente ativo é então absorvido pela corrente sanguínea do cão ou se espalha pela pele.

Benefícios: Algumas fórmulas tópicas são projetadas para matar pulgas em contato. Por exemplo, o ingrediente ativo dos tratamentos tópicos Advantage ® II e K9 Advantix ® II se espalha por toda a superfície da pele do seu cão e mata as pulgas ao entrar em contato, o que significa que as pulgas não precisam morder seu animal de estimação para morrer. 1 Advantage ® II e K9 Advantix ® II estão disponíveis em veterinários e lojas de animais. K9 Advantix ® II não deve ser usado em gatos.

Desvantagens: Embora um tratamento tópico proporcione um efeito duradouro contra as pulgas, você precisará se lembrar de reaplicá-lo periodicamente, geralmente uma vez por mês.

Comprimidos e comprimidos mastigáveis

Os ingredientes ativos em comprimidos e comprimidos mastigáveis ​​são absorvidos na corrente sanguínea do cão. As pulgas que mordem seu animal de estimação ingerem o ingrediente ativo, que os mata.

Vantagens: Comprimidos e pastilhas mastigáveis ​​geralmente têm um sabor bom e são fáceis de administrar. Os ingredientes ativos começam a agir rapidamente.

Desvantagens: As pulgas devem morder seu cão antes de serem mortas. Cada comprimido oferece uma duração variável de proteção, e essa duração às vezes varia de acordo com a praga.

Há uma variedade de marcas e métodos de controle de pulgas para cães, e todos funcionam de maneiras diferentes. Qual é o certo para você e seu cão depende do tipo de cão que você tem e de suas preferências pessoais. Consulte o seu veterinário para o tratamento mais adequado para o seu cão.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Artigos mais vistos